Renegade ou Campass: qual comprar?

Autor(a):

São os carros mais vendidos da Jeep, já é algo normal encontrá-los rodando pelas ruas e estradas do Brasil. Tudo isso por conta da consolidação dos SUVs como maior segmento automotivo no país e pelo número de vendas que a dupla atingiu.

Para se ter uma uma ideia, em 2021 o Jeep Renegade e Compass foram os carros mais vendidos na categoria, chegando a mais de 70 mil unidades comercializadas. E nesse ano o sucesso dos veículos continua, em junho a dupla figurou entre os dez SUVs mais comprados.

Mas afinal, qual dos dois vale mais a pena? A seguir mostraremos o que cada um oferece, versões, preços e o grande veredicto, para você ter mais convicção na hora da compra. Acompanhe a leitura!

Versões e preços

O Renegade dispõe de quatro versões, Sport, Longitude, Série S e Trailhawk. As duas primeiras têm tração 4×2 e câmbio automático de seis marchas, já as últimas duas são 4×4 e são gerenciadas pela caixa automática de nove marchas. Todas as configurações possuem o motor 1.3 turbo flex com 185 cavalos de potência. Preços a partir de R$127.590.

Já o Jeep Compass possui oito versões. São elas, a Sport T270, Longitude T270, Limited T270, Série S T270, Longitude TD350, Limited TD350, Trailhawk TD350 e Série S 4XE. As versões T270 são equipadas com motor turbo flex, já as TD350, com motor turbo diesel. Sem falar da versão híbrida do veículo, a Série S 4xE. Os preços partem de R$139.990.

Características gerais do Jeep Renegade

Com design moderno e imponente, o Renegade traz várias opções de cores, faróis Full Led com luzes de condução diurna e setas integradas, parachoque off-road e traseira, e dianteira mais sofisticadas. As rodas são de 17’’ a 19’’, em liga leve, dependendo da versão.

Possui central multimídia de 8,4 polegadas, possibilitando seguir suas rotas customizadas, ver radares em tempo real, buscar pontos de interesse e ver a autonomia do veículo. Além de ser compatível com Android Auto e Apple CarPlay.

O motor é o 1.3 turbo flex T270, o mais potente da categoria, rende 185 cavalos e 27,5 kgfm de torque, garantindo uma alta performance, para andar em qualquer terreno

Quando o assunto é segurança, o modelo não fica para trás. Todas as versões são equipadas com 6 airbags de série. As exceções ficam por conta das versões 4×4 como série S e Trailhawk, que possuem uma camada a mais de segurança com 7 airbags. Além disso, oferece assistências de condução aos motoristas, como frenagem de emergência, assistente de mudança de faixa, reconhecimento de placa e detector de fadiga.

Características gerais do Jeep Compass

Sofisticado na parte externa, o conjunto ótico do Jeep Compass vem com faróis em LED, assim como os de neblina, tem durabilidade e performance otimizadas.

Vem também com o motor 1.3 turbo flex debaixo do capô que é simplesmente o melhor produzido no Brasil. Com 185 cavalos de potência e 27,5 kgfm de torque, é o máximo de performance e economia de combustível, garantindo maior desempenho e versatilidade.

Pela central multimídia de 8,4 ou 10,1 polegadas, é possível realizar o espelhamento sem fio com Android Auto e Apple CarPlay, além dos novos pacotes para navegação embarcada e para serviços conectados Jeep para a plataforma Adventure Intelligence.

Estar seguro em um veículo é imprescindível, portanto o Jeep Compass, tem 6 airbags: os 2 airbags frontais, 2 laterais, 2 laterais tipo cortina de série. Nas versões Limited, Trailhawk e Série S, há um airbag adicional para os joelhos de quem está dirigindo. Conta também com detector de tráfego cruzado, assistente de mudança de faixa, frenagem automática e reconhecimento de placas.

O veredicto

Cabe ao consumidor decidir qual adquirir. Se optar pelo Renegade, por se tratar de um SUV compacto, terá menos espaço interno e um porta-malas menor do que o Jeep Compass, na categoria dos médios. Em questão de equipamentos de segurança e tecnologia podemos dizer que os dois estão empatados. Na parte do motor, a diferença fica nas versões turbo diesel do Compass.

Mas um ponto importante que deve ser levado em consideração também, é o preço. As versões de entrada do Jeep Renegade e Compass tem uma diferença por volta dos 10 mil reais.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.