Tudo Sobre Automóveis

Toyota apresenta novo Corolla; preços começam em R$ 66.570

1.159

Versão mais acessivel teve reajuste menor, mas topo de linha agora parte de R$ 92.900,00

A quarta geração nacional do Corolla acaba de ser apresentada pela Toyota. Completamente revisto, e com a meta de recuperar a liderança do segmento de sedãs médios, o modelo ganha visual mais dinâmico, interior mais refinado e equipamentos mais avançados. A gama de motores se assemelha à atual, com nova transmissão automática. Com três níveis de acabamento, ele chega às lojas no dia 14 de março com preços entre R$ 66.570 e R$ 92.900.

Visualmente, o Corolla ganhou visual mais moderno sem perder o conservadorismo que o caracteriza. Os grandes faróis horizontais são invadidos pelos frisos cromados da grade, que criam seções para as fileiras de LED. O para-choque tem três divisórias embaixo, acompanhando as linhas dos conjuntos ópticos principais, assim separando a tomada de ar dos espaços que envolvem as luzes de neblina.

Nas laterais, o perfil fica mais conservador pelo corte de portas e janelas. Há indicadores de direção integrados às carcaças dos retrovisores e rodas com desenho dinâmico. A traseira aposta em lanternas alongadas, que mantém a invasão à tampa do porta-malas, algo que ocorreu em todas as gerações desde que o sedã foi nacionalizado. Elas são unidas pela régua cromada que envolve a parte superior do espaço da placa, outra característica do Corolla.

O habitáculo também mantém linhas sóbrias, mas dá um salto em acabamento, devido à mescla de materiais e tons, especialmente em portas e painel. Seguindo a tendência mundial, há uma grande tela central sensível ao toque para o sistema multimídia. Saídas de ar, alavanca de câmbio, relógio digital e volante, porém, reforçam que a jovialidade para no grande visor.

Na mecânica, a Toyota destaca alguns avanços do novo Corolla. O entre-eixos agora mede 2,70 metros, 10 centímetros a mais que o atual, com ganho de 7,5 cm no espaço para as pernas dos passageiros de trás. Agora são 4,62 m de comprimento (+8 cm), 1,47 m de altura (-0,5 cm) e 1,78 m de largura (+15 cm). O porta-malas comporta 470 litros.

MECÂNICA

De acordo com a Toyota, a direção do novo Corolla está 8% mais direta que a do antecessor. Já o esquema de suspensão é praticamente o mesmo: McPherson na dianteira e barra de torção na traseira, com ligeiros ajustes frente ao sedã atual. O grande destaque, porém, é a transmissão continuamente variável (CVT) Multi-Drive, com opção de trocas sequenciais em sete relações pré-definidas. Nas versões mais caras, as mudanças podem ser feitas em aletas atrás do volante e há modo esportivo de atuação.

Os motores são os mesmos da linha atual. Para o acabamento de entrada, há o 1.8 16v de 139/144 cv (gasolina/etanol) a 6.000 rpm e 17,7/18,4 kgfm de torque a 4.200 rpm. Ele tem câmbio manual de seis marchas, com a caixa Multi-Drive em opção. Os modelos mais caros contam sempre com o 2.0 16v de 143 cv na gasolina (5.600 rpm) e 154 cv no etanol (5.800 rpm), com 19,4 kgfm no derivado fóssil (4.000 rpm) e 20,3 kgfm no líquido vegetal (4.800 rpm). Os dois propulsores possuem bloco e cabeçote em alumínio e sistema de pré-aquecimento dos bicos injetores, dispensando o depósito de partida a frio quando houver álcool no tanque.

Segundo dados da Toyota, o Corolla 2.0 acelera de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos quando abastecido com etanol. Porém, não divulga os dados de desempenho das duas outras combinações. O consumo, de acordo com a empresa, fica em média de 11,6 km/L com gasolina e 8 km/L com etanol. Para o 1.8 Muti-Drive, as cifras ficam em 12,3 km/L com o derivado de petróleo e 8,5 km/L com o de cana-de-açúcar. Já o 1.8 manual tem números em 12 km/L e 8,3 km/L, respectivamente.

VERSÕES

O Corolla 2015 chegará ao mercado com quatro versões : GLi, GLi Multi-Drive, XEi e Altis, estas sempre com a transmissão automática. De série, há interior em tons de preto, direção elétrica progressiva, ar condicionado, trio elétrico, sistema de som com Bluetooth e USB, computador de bordo e chave canivete com comandos do alarme integrados. O GLi oferece ainda regulagem de altura e profundidade da coluna de direção, quadro de instrumentos com três mostradores, volante multifuncional, sistema antitravamento de freios (ABS), terceira luz de freio e cinco airbags: frontais, frontais laterais e um para os joelhos do motorista.

A versão intermediária XEi sai com interior revestido em couro cinza e detalhes prateados ou em fibra de carbono. Ela adiciona ainda puxadores e comandos do ar condicionado cromados, sistema de climatização automático, computador de bordo com indicador digital de velocidade e vidros elétricos tipo um-toque nas quatro portas. Para completar, há retrovisor interno eletrocrômico, controlador de velocidade, descansa-braço traseiro com porta-copos e o sistema multimídia com tela de 6,1 polegadas no painel. O quadro de instrumentos passa tem dois círculos, com outra tela central.

O topo-de-linha mantém o batismo Altis. A Toyota ainda não revela o total conteúdo, mas destaca a oferta de airbags tipo cortina, totalizando sete bolsas infláveis, o sensor de luminosidade, os retrovisores com rebatimento automático e o ajuste elétrico para o banco do motorista. Seu interior possui revestimento na cor bege com detalhes imitando madeira. Ele ainda conta com chave com sensor de presença para destravamento e partida, feita por botão, e fileiras de LED na dianteira.

Para a carroceria são oferecidas sete tonalidades. São novas a branca peróla e a vermelha, que se juntam às cinco cores oferecidas até então: azul, cinza, prata, preto e “super branco”.

TOYOTA COROLLA 2015

1.8 GLi – R$ 66.570

1.8 GLi Multi-Drive – R$ 69.990

2.0 XEi Multi-Drive S – R$ 79.990

2.0 Altis Multi-Drive S – R$ 92.900

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.