Estou em: Início / Mercedes-Benz CLS Shooting Break já conta com opção AMG

quinta-feira, 12 julho, 2012 - 12:11

Mercedes-Benz CLS Shooting Break já conta com opção AMG

Perua recém-lançada já conta com opção super esportiva; 0 a 100km/h é em 4,4 segundos

A preparadora AMG oficializou sua versão para a CLS Shooting Brake, lançada recentemente. Irmão do sedã-cupê, a perua, que surgiu como conceito antes mesmo da segunda geração do três volumes, recebe agora o acabamento mais esportivo da Mercedes-Benz.

Na parte visual, a Shooting Brake se diferencia por contar com para-choques mais envolventes, rodas de liga leve maiores e grade exclusiva. Há também difusor traseiro, saias e detalhes específicos, como as fileiras de LED em linha reta na dianteira. Alguns componentes da carroceria ganham ainda acabamento em fibra de carbono (opcional).

Por dentro, o mesmo material é empregado em alguns componentes, como nas faixas horizontais de portas e painel. O revestimento mescla couros preto e branco, com esta última tonalidade dedicada a bancos e apoios de braço. Há também alumínio, adotado em pedaleira, volante, saídas de ar, alavanca de câmbio, botões do console e aros do quadro de instrumentos.

Na parte mecânica, o motor repete a receita do CLS. Lá está o 5.5 (5.461 cm³) V8 biturbo de 525 cv e 71,4 kgfm (1.750~5.250 rpm) de torque. A força pode aumentar para 557 cv e 81,6 kgfm (2.000~4.500 rpm) com o pacote Edition 1. A transmissão é a Speedshift MCT, de dupla embreagem, com sete marchas.

Segundo a AMG, o conjunto leva a perua de 0 a 100 km/h em 4,4 segundos, tempo baixado para 4,3 s com o Edition 1. A velocidade máxima fica em 250 km/h, limitada eletronicamente independentemente da versão. O consumo oficial é de 9,9 km/L, com emissões de 235 gramas de dióxido de carbono (CO2) para cada quilômetro percorrido.

Entre outros destaques, há a adoção da suspensão ativa AMG Ride Control. Na frente, há molas comuns, mas a traseira compensa com sistema pneumático autonivelante. Entre os itens opcionais, há diferencial traseiro autoblocante, freios de carbono-cerâmica, sistema de som Bang&Olufsen com 14 alto-falantes e 1.200 watts de potência, entre outros.

O lançamento global da CLS 63 AMG Shooting Brake acontece em outubro. O Brasil deve recebê-la só em 2013, a preços pouco convidativos.

Texto: Matheus Q. Pera

 

Images