Estou em: Início / Blindagem automotiva volta a crescer no Brasil

terça-feira, 8 maio, 2012 - 15:38

Blindagem automotiva volta a crescer no Brasil

Mercado cresce em mercados fora do eixo Rio-São Paulo

Se as vendas de veículos novos registram crescimento tímido no Brasil em 2011, o setor de blindagem não pode reclamar. No ano passado, foram 8.106 veículos equipados com proteção balística, 10,55% acima dos 7.322 reforçados em 2010. Os dados são da Associação Brasileira de Blindagem (Abrablin).

De acordo com a entidade, o avanço se deve principalmente ao temor do consumidor frente à crescente violência urbana. Por isso, o nível III-A, que suporta tiros de pistolas 9 milímetros e Magnum .44, é o mais procurado. Outro fator considerável é o aumento de blindagens fora de São Paulo e Rio de Janeiro. O primeiro ainda detém 78% do mercado, com 14% para o segundo. Atrás, aparecem Pernambuco (2%), Paraná (1%) e Bahia (1%). Os outros 4% ficam para 12 estados.

O modelo mais blindado no último semestre foi o Volvo XC60, seguido por Volkswagen Tiguan e Toyota Corolla. O custo médio pago em cada um dos serviços foi de R$ 47.550. A maioria do público é composto por homens (65%), com idades entre 40 e 49 anos (27% do grupo masculino). A maior parte dos contratantes são executivos (75%), seguidos por artistas (9%), juízes (7%) e políticos (6%).

Texto: Matheus Q. Pera

Images